Contaminação em SP atingiu água usada pela população

A água de quatro poços artesianos na região da Vila Carioca, na zona sul de São Paulo, está contaminada por poluentes químicos provenientes das instalações industriais da Shell, onde funciona um depósito de combustíveis. "Agora temos certeza de que a contaminação ultrapassou o terreno da empresa", disse o diretor da Vigilância Sanitária para a cidade de São Paulo, Rui de Andrade Dammenhain. Os poços foram lacrados no mês passado e apenas um era usado para consumo humano, no Condomínio Auriverde. Neste foram encontrados níveis até dez vezes acima do permitido das substâncias dieldrin, um pesticida químico, e tetracloroeteno, um solvente para limpeza de tanques.O efeito na saúde da população depende do tempo de exposição e quantidade de consumo, o que não foi determinado. "O resultado pode ser desde uma pequena alteração gastrointestinal até câncer", afirmou Dammenhain. O dieldrin - resíduo da fabricação de agrotóxicos no local entre as décadas de 1950 e 1980 - pode acumular na gordura do organismo e dar origem a tumores. "Usávamos essa água para tudo, até criança recém-nascida bebeu", disse Izabel Vendrame, que representa os cerca de 400 moradores do Auriverde.Exames de sangue realizados por dois laboratórios privados, a pedido da CPI dos Postos de Combustíveis da Câmara Municipal, constataram alterações na quantidade e na morfologia de glóbulos brancos em alguns moradores. Mais de 80% das 28 pessoas examinadas apresentaram indícios de lesões no fígado e 8 têm nível elevado de chumbo no cabelo.A diretoria do Centro de Vigilância Sanitária (CVS), porém, considerou que os exames foram feitos de maneira precoce, sem a metodologia adequada. "Qualquer pessoa que usa gel pode ter chumbo no cabelo", disse Dammenhain. O plano de ação do CVS, que deve ser executado em um prazo de 15 dias, consiste em fazer o cadastramento da população e constituir uma equipe especial de toxicologia, que vai determinar as análises de saúde necessárias. A Shell anunciou que vai colaborar com todas as determinações do órgão.

Agencia Estado,

14 de junho de 2002 | 20h34

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.