<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1659995760901982&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Coração de recém-nascido tem células especiais

Cientistas descobriram um tipo raro de célula no coração de recém-nascidos, capaz de se dividir e formar novas células adultas do músculo cardíaco.Chamadas progenitoras, elas poderiam ser usadas de maneira semelhante à pretendida com as células-tronco, na recuperação de tecidos danificados no coração de pacientes enfartados - substituindo intervenções mecânicas e válvulas artificiais.A descoberta, relatada na revista Nature publicada nesta quinta-feira, é de cientistas da Universidade da Califórnia em San Diego. Eles identificaram as células progenitoras no coração de pessoas, ratos e camundongos recém-nascidos."Isso representa a descoberta fundamental de uma nova célula cardíaca humana, que está programada para se tornar músculo cardíaco, mas ainda não foi acionada para isso", disse o líder da pesquisa, Kenneth Chien.A idéia é cultivar essas células e usá-las em transplantes para reconstruir os tecidos lesionados no coração. Segundo os cientistas, é possível que elas também existam em adultos.

Agencia Estado,

10 de fevereiro de 2005 | 11h32

Selecione uma opção abaixo para continuar lendo a notícia:
Já é assinante Estadão? Entrar
ou
Não é assinante?
Escolha o melhor plano para você:
Sem compromisso, cancele quando quiser
Digital Básica
R$
0, 99
/ mês
No primeiro mês
R$ 9,90/mês a partir do segundo mês
  • Portal Estadão.
  • Aplicativo sem propaganda.
Digital Completa
R$
1, 90
/ mês
No primeiro mês
R$ 19,90/mês a partir do segundo mês
Benefícios Digital Básica +
  • Acervo Estadão 146 anos de história.
  • Réplica digital do jornal impresso.
Impresso + Digital
R$
22, 90
/ mês
No primeiro ano
R$ 56,90/mês a partir do segundo ano
Benefícios Digital Completa +
  • Jornal impresso aos finais de semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.