Cosmonautas da ISS tocarão violão e assistirão filmes

Durante sua estadia de seis meses no espaço integrantes da missão terão tempo livre na plataforma

Efe

22 de setembro de 2008 | 15h00

Os integrantes da próxima expedição à Estação Espacial Internacional (ISS, na sigla em inglês) anteciparam nesta segunda-feira, 22, que em seu tempo livre na plataforma pensam em tocar violão e gaita, ler, assistir filmes e jogos de futebol americano e se dedicar à fotografia. Durante sua estadia de seis meses na ISS, o engenheiro russo Yuri Lonchakov tem intenção de tocar violão e gaita durante os poucos momentos de lazer que os cosmonautas terão na plataforma orbital. "Felizmente, na ISS há um violão e (...) o tocarei em meu aniversário (14 de março) e cantaremos todos juntos", disse em entrevista à agência de notícias oficial russa Itar-Tass. Lonchakov, grande amante da música russa, levará uma coleção de canções e espera, além disso, que seus amigos lhe enviem pela internet as últimas novidades musicais. "Agora estou aprendendo a tocar gaita, por isso terei com que me entreter", confessou o cosmonauta. Lonchakov também tem a intenção de ler e "fazer imagens da superfície da Terra, dos mares, dos oceanos e da poluição das águas". O segundo membro da tripulação, o astronauta americano Mike Fink, passará a maior parte de seu tempo livre lendo romances de ficção-científica e assistindo a jogos de futebol americano. "Para relaxar, gosto de ler. Durante minha última expedição (em 2004, como integrante da missão número 9), li 40 livros". No entanto, como é "fisicamente impossível" levar semelhante quantidade de obras à ISS, Fink terá que se conformar com livros eletrônicos. "Sou fanático por futebol americano. Em minha cidade natal (Pittsburg, na Pensilvânia) temos nossa própria equipe e meus amigos gravarão as partidas e as enviarão à ISS. Verei futebol americano no espaço. Será genial", acrescentou. Ele afirmou, além disso, que sua segunda filha aprenderá a andar enquanto ele estiver no espaço e, por essa razão, lhe enviarão uma gravação com esse "momento tão importante". Já o turista espacial Richard Garriott, filho do ex-astronauta americano Owen Garriott, levará à plataforma orbital várias jóias desenhadas por sua mãe. Garriott disse que entre seus objetos pessoais, que não devem superar os dois quilos, levará "várias jóias, desenhos e pequenos recipientes de cerâmica". "Meu negócio são os jogos de computador. Meu pai é técnico e minha mãe, artista, e no espaço queria unir simbolicamente todas as profissões de minha família", ressaltou. Ele lembrou que há 35 anos seu pai "fotografou várias partes da superfície da Terra" e ele quer "captar imagens dos mesmos lugares, pois ver a evolução do planeta uma geração depois tem um grande valor científico". Lonchakov, Fink e Garriott partirão rumo ao espaço à bordo da nave russa Soyuz TMA-13 no dia 12 de outubro.

Tudo o que sabemos sobre:
ISSespaçociência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.