Cosmonautas fazem 2ª caminhada espacial em uma semana

O trabalho inclui a instalação de um farol para orientar a atracagem de um módulo de pesquisas

AP,

15 de julho de 2008 | 14h54

Os dois cosmonautas russos a bordo da Estação Espacial Internacional (ISS) deixaram o interior do posto orbital pela segunda vez em menos de uma semana, para realizar uma tarefa que promete ser bem mais tranqüila que a última, que envolveu a manipulação de explosivos.   Embora  Sergei Volkov e Oleg Kononenko tenham uma ampla lista de afazeres, não se espera que haja nada de complicado ou perigoso, desta vez.   O trabalho inclui a instalação de um farol para orientar a atracagem de um módulo de pesquisas, a reorganização de alguns degraus, a instalação de um novo experimento científico e a remoção de amostras de bactérias e fungos que tinham sido deixadas expostas a raios cósmicos.   A agência espacial russa, Roscosmos, havia previsto apenas uma caminhada para os dois cosmonautas, mas uma outra, de alta prioridade, foi acrescentada para a remoção de uma trava explosiva da nave Soyuz que deverá trazê-los de volta à Terra. Engenheiros acreditam que a trava pode ter sido responsável por problemas no pouso de Soyuz anteriores. Essa remoção foi realizada na última quinta-feira.

Tudo o que sabemos sobre:
isssoyuz

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.