Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Criador de Dolly ganha licença para clonagem terapêutica

O governo britânico concedeu hoje, ao cientista criador da ovelha Dolly, uma licença para clonagem humana com fins de pesquisa médica, a chamada clonagem terapêutica. Esta é a segunda licença do tipo emitida no Reino Unido desde a legalização da clonagem no país, em 2001. A Autoridade de Embriologia e Fertilização Humana, que regulamenta esse tipo de pesquisa, aprovou a licença para Ian Wilmut, que criou Dolly, a ovelha clonada, em 1996.Ele havia pedido a autorização em setembro, para estudar células nervosas. A primeira licença havia sido concedida em agosto para uma equipe que espera usar a clonagem para criar células produtoras de insulina, para transplantes em diabéticos. Esse tipo de trabalho é chamado de clonagem terapêutica porque não produz um bebê, mas é criticado por opositores do aborto porque embriões humanos têm de ser destruídos na obtenção das células.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.