Depressão de inverno atinge 800 mil alemães todo ano

Cerca de 800 mil alemães sofrem de depressão no inverno e se sentem cansados e apáticos durante os chamados "meses escuros" do ano, segundo estimativas da Associação de Seguros Médicos. A causa, dizem especialistas, é a falta de luz, o que faz com que seja produzida menor quantidade de serotonina, substância que contribui para vitalizar o indivíduo.A depressão invernal é considerada uma forma leve de depressão aguda, que na Alemanha atinge 4 milhões de pessoas. Diferentemente das outras formas da doença, a depressão invernal não produz falta de apetite nem insônia, mas, ao contrário, dá vontade de comer guloseimas e de ficar na cama dormindo.A Associação de Seguros Médicos recomenda que se recorra a tratamentos de luz, que se saia para tomar ar e se movimente. As explicações dos especialistas coincidem com a primeira onda de frio invernal e nevadas do ano na Alemanha.

Agencia Estado,

25 de novembro de 2005 | 10h30

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.