Descoberta nova espécie de dinossauro nos EUA

Cientistas norte-americanos anunciaram a descoberta de uma nova espécie de dinossauro que viveu na região central dos Estados Unidos. Trata-se de um herbívoro do tamanho de um cavalo, que tinha protuberâncias semelhantes a chifres sobre sua cabeça achatada.A descoberta acrescenta um elemento importante na evolução da espécie no Período Cretáceo. O estranho dinossauro percorreu as planícies da Dakota do Sul no fim do Cretáceo, há cerca de 66 milhões de anos."Nunca tínhamos suspeitado que esse animal existia", disse Robert Bakker, membro da equipe de paleontólogos, durante a conferência anual da associação Americana de Museus.Segundo o cientista, a espécie descoberta é membro da família dos paquicefalossauros e obriga a uma mudança de visão sobre a históriados dinossauros no período final do Cretáceo, pois demonstra que, até antes da extinção, ocorria uma evolução dos animais.As conclusões sobre a forma do animal foram extraídas da análise do fóssil da cabeça, descoberta em 2003 por três paleontólogos em umaregião conhecida como Hell Creek Formation, na zona central da Dakota do Sul.Segundo o comunicado, até agora os únicos fósseis de paquicefalossauros tinham sido encontrados na China e na Mongólia, mas essas espécies não tinham nenhuma protuberância na parte superior da cabeça.Da mesma forma que os atuais carneiros, os animais dessa espécie "provavelmente davam cabeçadas uns nos outros", explicou Bakker.

Agencia Estado,

03 de maio de 2005 | 11h16

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.