Descoberta pode levar a sistema de alerta contra terremotos

Cientistas que atuam na falhageológica de San Andreas, na Califórnia, detectaram sutismudanças no terreno horas antes de dois terremotos, o que podelevar ao desenvolvimento de um sistema de alerta contra sismos. A pesquisa, publicada na quarta-feira na revista Nature,foi realizada com o uso de poços de 1 quilômetro deprofundidade em Parkfield, uma área geologicamente instável daCalifórnia. Ali, os instrumentos detectaram minúsculas fissuras narocha, sinalizando a pressão sobre o terreno antes de doispequenos terremotos, segundo o sismologista Paul Silver, doCarnegie Institution, de Washington, um dos responsáveis pelapesquisa. No primeiro caso, os sinais geológicos ocorreram 10 horasantes de um terremoto de magnitude 3, em dezembro de 2005.Cinco dias depois, o mesmo tipo de sinal apareceu duas horasantes de um terremoto de magnitude 1. "Estamos muito animados com essas observações, e planejamosmais experiências para confirmar se essas mudanças são partedos processos físicos gerais antes de um terremoto", disse portelefone o sismólogo Fenglin Niu, da Universidade Rice(Houston). Os sistemas de alerta atualmente existentes só avisam sobreum terremoto com poucos segundos de antecedência. Esse padrãona prática não serve para nada em terremotos como o de Sichuan(China), há dois meses, quando muitas das 80 mil vítimas fataisforam surpreendidas dentro de edifícios, como escolas. Silver disse que, se novos sinais como os da Califórniaforem compreendidos, dentro de 10 ou 20 anos talvez possaexistir um sistema prático de alerta contra terremotos.

WILL DUNHAM, REUTERS

10 de julho de 2008 | 07h06

Tudo o que sabemos sobre:
CIENCIATERREMOTOSALERTA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.