Descoberta represa do primeiro milênio antes de Cristo no Egito

Segundo arqueólogos, ela foi construída para proteger o templo faraônico de Karnak das cheias do rio Nilo

Efe,

26 de janeiro de 2009 | 17h44

Uma missão arqueológica egípcia descobriu uma represa, cuja origem se remonta ao primeiro milênio antes de Cristo, construída para proteger o templo faraônico de Karnak das cheias do rio Nilo. Foto: Reuters Segundo um comunicado do Conselho Supremo de Antiguidades divulgado nesta segunda-feira, 26, esta construção, que foi batizada como "a grande represa", mede 250 metros de comprimento e é a segunda encontrada nos últimos dois anos. A construção anterior de características similares era usada para transportar rochas e animais para os sacrifícios até este templo, que fica a 700 quilômetros do Cairo.

Tudo o que sabemos sobre:
arqueologiaEgito

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.