Descoberto fóssil de 250 milhões de anos no RS

Uma equipe do Museu de Ciências e Tecnologia da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul encontrou fragmentos do crânio e de ossos da pata dianteira de um réptil de aproximadamente 250 milhões de anos. Os fósseis são do Provelosaurus americanus, um herbívoro que alcançava até três metros de comprimento. Os vestígios estavam dentro da propriedade particular de Modesto Fagundes, na localidade de Rancho Queimado, ao norte de São Gabriel. Este foi o segundo achado de pareiassauro no Estado. A descoberta anterior ocorreu entre Bagé e Aceguá, há 22 anos.

Agencia Estado,

18 de janeiro de 2002 | 19h37

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.