Descobridor do DNA, Francis Crick, morre aos 88 anos

O cientista ganhador do Prêmio Nobel Francis Crick, que ao lado de James Watson descobriu a estrutura de espiral dupla no DNA, abrindo caminho para a moderna genética, morreu aos 88 anos de idade. Crick morreu no Hospital Thornton da Universidade da Califórnia em San Diego, disse uma porta-voz do Instituto Salk, onde Crick trabalhava. Ele sofria de câncer.Em 1953, Crick, britânico, e Watson, americano, descobriram a estrutura de espiral dupla do ácido deoxirribonucleico, o DNA. Cinqüenta anos mais tarde, a indústria da biotecnologia, dos testes de paternidade à soja transgênica, baseiam-se na descoberta da dupla, agraciada com o Nobel de Medicina em 1962. Em nota emitida nesta quinta-feira, James Watson elogiou Crick ?por sua inteligência extraordinariamente focada e pelas várias maneiras com que demonstrou bondade para comigo e desenvolveu minha autoconfiança?.

Agencia Estado,

29 de julho de 2004 | 14h10

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.