Documentário inédito mostra projetos de bioconexão no Brasil

A TV Cultura exibe neste sábado, às 21h00, um documentário inédito mostrando iniciativas de comunidades, pesquisadores e organizações não-governamentais para evitar que espécies animais sejam ameaçadas e extintas por processos de fragmentação ambiental. O filme Bioconexão ? A Vida em Fragmentos alerta sobre o isolamento de populações de uma mesma espécie e a conseqüente perda da diversidade genética, a falta de abrigo, alimento e microclima adequados, num processo de redução drástica da riqueza biológica.Em uma viagem por quatro Estados brasileiros, o documentário coleta bons exemplos como o da pequena vila de Superagüi, no litoral do Paraná, onde mães e crianças produzem fantoches de feltro com figuras das duas principais espécies locais ameaçadas: o mico-leão-da-cara-preta e o papagaio-de-cara roxa. Com a fabricação dos fantoches, a renda das mulheres aumentou 375% e os bonecos foram vendidos até em zoológicos como os de Copenhagen e Dublin. ?Este e outros projetos combatem a fragmentação e buscam restabelecer o fluxo natural do ecossistema?, segundo o diretor geral do filme, Danilo Palásio, da GW Comunicação.PrêmioO documentário foi vencedor do 1º Concurso Biodiversidade Brasil de Documentários, realizado pela TV Cultura, Natura Cosméticos e Ministério do Meio Ambiente no ano passado. Entre 180 competidores, o vídeo recebeu um prêmio de R$ 10 mil, mais um contrato de co-produção no valor de R$ 200 mil. Bioconexão ? A Vida em Fragmentos tem 50 minutos e conta com ainda com a direção de Fausto Fass, direção musical do maestro Nelson Ayres, narração de Paulo Goulart e direção de arte de Guto Lacaz.O Projeto Biodiversidade Brasil foi criado em junho de 2001 para provocar debate, reflexão e produção de conhecimento sobre a biodiversidade brasileira e seu uso sustentável. A co-produção Bioconexão ? A Vida em Fragmentos é um dos primeiros resultados concretos do projeto.Bioconexão ? A Vida em Fragmentos apresentação: TV Cultura, sábado, 21h00 realização: GW Comunicação, Natura Cosméticos, Ministério do Meio Ambiente e TV Cultura ? 2003 direção geral: Danilo Palásio direção: Fausto Fass consultoria: Liana John direção de arte: Guto Lacaz direção de fotografia: João Carlos Queiroz da Luz direção musical: Maestro Nelson Ayres e Lincoln Duarte direção de produção: Maria Eugênia Stievano produção: André Burza; Narração: Paulo Goulart

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.