Doença misteriosa mata dez idosos no Canadá

Uma doença respiratória desconhecida matou dez idosos em um asilo de Toronto, informaram as autoridades canadenses na terça-feira. Desde sexta-feira, o balanço não pára de crescer, passando de quatro para seis mortos no domingo e chegando a dez, ontem. Autoridades de saúde admitem a possibilidade de uma epidemia como a da pneumonia asiática (Sars), que fez 44 vítimas fatais no verão de 2003 em Toronto. Cerca de 40 idosos da mesma instituição, que também contraíram a doença, foram hospitalizados, acrescentaram as autoridades. Ao todo, 70 moradores, 12 funcionários e dois visitantes foram diagnosticados como portadores da misteriosa doença. David McKeown, diretor do Serviço de Saúde da cidade de Toronto, considerou que "embora o estado de saúde de alguns doentes tenha se degradado e tenha havido mais mortes, a situação dos outros contaminados melhora. Acreditamos que este início de epidemia esteja sob controle".

Agencia Estado,

05 de outubro de 2005 | 00h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.