Doenças crônicas causarão 380 milhões de mortes em 10 anos

388 milhões de mortes irão ocorrer nos próximos 10 anos em decorrência de doenças crônicas como diabetes, males do coração e câncer. Pelo menos 36 milhões poderiam ser evitadas através de medidas simples e baratas. Esses dados estão presentes no estudo "Prevenção de doenças crônicas: um investimento vital", da Organização Mundial da Saúde (OMS) divulgado nesta terça-feira.O objetivo da OMS é reduzir em 2% as mortes por doenças crônicas ao longo dos dez anos. "Essa é uma epidemia que pode ser prevenida", diz Robert Beaglehole, co-autor do estudo.Segundo a OMS, 80% dos casos de doenças do coração, derrames e diabetes poderiam ser evitados por meio de uma alimentação saudável, prática de exercícios físicos e a eliminação do fumo.Em todo mundo, três em cada cinco mortes são provocadas por doenças crônicas. Elas representam uma carga crescente de gastos na economia de diversos países, e preveni-las geraria um crescimento adicional. A China, por exemplo, poderia economizar cerca de US$ 36 bilhões se agisse de forma eficiente no controle e prevenção das doenças crônicas.

Agencia Estado,

04 de outubro de 2005 | 18h59

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.