Doentes de ilha francesa não têm o H5N1

Os três turistas franceses que mostraram sintomas de gripe aviária após visitar um zôo tailandês não contraíram o vírus H5N1, que matou 62 pessoas no Vietnã, Tailândia, Indonésia e Camboja. Eles têm o H3N2, mais benigno.Testes iniciais apontaram o H5N1 em pelo menos um dos pacientes, mas os exames feitos em Paris descartaram a presença deste vírus. Os três moram na ilha francesa de Reunion, no Oceano Índico, e visitaram a Tailândia junto com outras 16 pessoas, no início deste mês.A Tailândia é uma das nações asiáticas que sofre uma epizootia de gripe aviária desde o início de 2004, que matou até o momento 13 pessoas. Cerca de 300 mil aves foram sacrificadas desde 5 de julho passado para tentar conter o que as autoridades locais consideram a "terceira onda" desta epidemia.O número de províncias tailandesas com focos infecciosos passou de 21 para 39 em uma semana, mais da metade das 76 nas quais está divido o país.   leia mais sobre gripe aviária

Agencia Estado,

28 de outubro de 2005 | 14h24

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.