Dono da Virgin apresenta projeto de nave espacial para turismo

A Virgin Galactic, que faz parte do grupo Virgin, já tem mais de 200 pessoas inscritas para seus vôos

REUTERS

23 de janeiro de 2008 | 17h20

O empreendedor Richard Bransonapresentou na quarta-feira um modelo de nave espacial projetadopara fazer vôos regulares ao espaço com turistas a partir doano que vem. Branson, dono da Virgin Galactic, uma das várias empresasque querem oferecer passeios turísticos ao espaço, disse que aSpaceShipTwo vai começar a fazer vôos de teste ainda este ano. "Dois mil e oito será o ano da espaçonave. Estamosempolgados com ela, e com tudo o que ela vai fazer", disseBranson num evento para a imprensa no Museu de História Naturalem Manhattan. A Virgin Galactic, que faz parte do grupo Virgin, já temmais de 200 pessoas inscritas e 30 milhões de dólares empagamentos adiantados pelas viagens, que vão custar cerca de200 mil dólares por passageiro. Entre os pré-inscritos estão ofísico Stephen Hawking e o designer Philippe Starck. As viagens devem durar apenas duas horas e meia, com cercade cinco minutos de sensação de ausência de gravidade. A naveespacial será lançada de uma base a ser construída no NovoMéxico, nos EUA. O autor do projeto da SpaceShipTwo e do foguete delançamento WhiteKnightTwo --também apresentado naquarta-feira-- é Burt Rutan, que já havia projetado aSpaceShipOne. O vôo suborbital é o meio mais fácil e rápido de viagemespacial. A nave tecnicamente chega ao espaço --cerca de 100 kmacima do nível do mar-- mas depois volta à atmosfera semcompletar uma revolução completa em volta do planeta. Entre outras empresas que investem para permitir vôos aoespaço estão a européia Astrium; a Blue Origin, criada pelofundador da Amazon, Jeff Bezos; a Space ExplorationTechnologies Corp (SpaceX), criada pelo fundador do PayPal,Elon Musk; a Rocketplane Kistler e o empresário do setorhoteleiro Robert Bigelow. A líder do setor é a Space Adventures, que fica naVirgínia, nos EUA, e que deu o pontapé inicial no turismoespacial em 2001 com a viagem do executivo Dennis Tito numaSoyuz russa que seguiu para a Estação Espacial Internacional. Aempresa já mandou quatro outros clientes para o espaço, domesmo modo.(Reportagem de Bill Rigby)

Tudo o que sabemos sobre:
CIENCIAESPACOVIRGINAPRESENTA

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.