Efeito estufa vai exigir aperfeiçoamento da previsão do tempo

O secretário-geral da Organização Meteorológica Mundial pede mais colaboração internacional no assunto

EFE,

06 de fevereiro de 2008 | 19h45

As previsões meteorológicas precisam melhorar para enfrentar os efeitos da mudança climática,disse o secretário-geral da Organização Meteorológica Mundial (OMM), Michel Jarroud.      Ao apresentar as conclusões da reunião preparatória da Terceira Conferência Mundial sobre o Clima, que acontecerá no terceiro trimestre de 2009, em Genebra, Jarroud afirmou que nem mesmo os países mais ricos e com maiores recursos tecnológicos podem avançar sozinhos rumo a esse objetivo.      "A questão meteorológica é um problema científico muito complicado, que requer o auxílio de disciplinas muito variadas", disse.      Jarroud afirmou que não basta aos países em desenvolvimento receber assistência dos industrializados. Segundo o secretário-geral da OMM, é necessário que os países em desenvolvimento participem de maneira ativa nos avanços meteorológicos.      Com esse objetivo, a conferência deverá mobilizar novos recursos para reduzir o impacto da mudança climática e desenvolver infra-estruturas e redes nacionais que facilitem o acesso à informação por parte de todos os interessados.      O responsável da OMM afirmou também que a conferência que será realizada no ano que vem servirá para que as pesquisas meteorológicas sejam postas em benefício dos países e de seus habitantes, levando em conta que "as necessidades da Europa não são as mesmas dos países da Ásia ou da África Subsaariana".      Segundo os dados da OMM, o investimento em previsões meteorológicas é muito rentável, pois para cada dólar investido são economizados outros dez.

Tudo o que sabemos sobre:
meteorologiaonu

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.