Elefantes também dão importância a seus mortos

Os elefantes, assim como os seres humanos, dão importância aos mortos da sua mesma espécie, segundo um estudo desenvolvido pela Universidade de Sussex, no Parque Nacional de Amboseli, no Quênia. A pesquisa, publicada hoje no jornal britânico Daily Mail, demonstra que os elefantes adotam um comportamento especial quando encontram outros deles mortos. Os cientistas comprovaram que os animais se sentem obrigados a tocar os corpos dos seus congêneres falecidos com a tromba e as patas. Eles repetem o comportamento mesmo com os mortos há muito tempo ou com os que tem os ossos espalhados pelo chão."Os elefantes vão em grupo até o corpo do animal morto. Esticam levemente as orelhas, levantam as cabeças e ficam nervosos", explicou uma das pesquisadoras.O estudo, publicado na revista da Royal Society, mostra que os elefantes só sentem em empatia pelos seus próprios mortos e que reagem da mesma forma se encontram tanto restos de animais que conheciam como de animais estranhos.

Agencia Estado,

28 de outubro de 2005 | 19h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.