<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1659995760901982&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Eletrobrás voltará a discutir nova usina no Xingu

A Eletrobrás voltará a discutir o projeto Belo Monte, que prevê a construção de uma hidrelétrica de até 11 mil MW no rio Xingu, no Pará. Agora, porém, a potência instalada prevista inicialmente, que tornaria Belo Monte a segunda maior hidrelétrica brasileira, pode ser reduzida. "Há uma série de questões ecológicas e sociais que devem ser estudadas no projeto", disse o presidente da Eletrobrás, Luiz Pinguelli Rosa.Um dos objetivos do estudo é criar oportunidades de desenvolvimento econômico e social no entorno da barragem, para compensar o impacto ambiental e aproveitar a estrutura da obra. O projeto inicial prevê investimentos de até US$ 6 bilhões. Pinguelli disse que Belo Monte deve ser um "projeto nacional" e não só da Eletrobrás, com a participação da estatal e do setor privado.

Agencia Estado,

29 de janeiro de 2003 | 16h10

Selecione uma opção abaixo para continuar lendo a notícia:
Já é assinante Estadão? Entrar
ou
Não é assinante?
Escolha o melhor plano para você:
Sem compromisso, cancele quando quiser
Digital Básica
R$
4, 90
/ mês
Nos três primeiros meses
R$ 9,90/mês a partir do quarto mês
  • Portal Estadão.
  • Aplicativo sem propaganda.
Digital Completa
R$
1, 90
/ mês
Nos três primeiros meses
R$ 19,90/mês a partir do quarto mês
Benefícios Digital Básica +
  • Acervo Estadão 146 anos de história.
  • Réplica digital do jornal impresso.
Impresso + Digital + Voucher R$50 Centauro
R$
22, 90
/ mês
No primeiro ano
R$ 56,90/mês a partir do segundo ano
Benefícios Digital Completa +
  • Jornal impresso aos finais de semana.
  • Voucher de R$50,00 na Centauro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.