Bianca Floretti, Hallbauer & Fioretti e The Royal
Bianca Floretti, Hallbauer & Fioretti e The Royal

Em 120 anos de Nobel, somente 22 mulheres recebem os prêmios de ciências; saiba quem são elas

Desde quando foram criados, prêmios de Fisiologia ou Medicina, Física e Química foram concedidos a 622 pessoas; pesquisadoras representam somente 3,53% dos laureados

Redação, O Estado de S.Paulo

07 de outubro de 2020 | 10h22

Desde 1901, quando o Prêmio Nobel foi criado, os prêmios das áreas de ciência (Fisiologia ou Medicina, Física e Química) foram concedidos a 622 pessoas (sendo que dois homens receberam duas vezes o de Física e do Química). Mas apenas 22 dos vencedores eram mulheres (Marie Curie foi premiada duas vezes, com Física e Química). Elas representam somente 3,53% dos laureados em ciência. Saiba quem são elas. 

Prêmio Nobel de Física

  • Andrea Ghez - 2020

    “Pela descoberta da formação de um buraco negro no centro da Via Láctea”

  • Donna Strickland - 2018

    “Por seus trabalhos com pulsos ópticos”

  • Maria Goeppert Mayer - 1963

    “Por suas descobertas sobre a estrutura do núcleo atômico”

  • Marie Curie - 1903

    “Por seus trabalhos sobre a radioatividade”

Prêmio Nobel de Química

  • Emmanuelle Charpentier - 2020

    “Por seus trabalhos sobre desenvolvimento de métodos para editar o DNA”

  • Jennifer A. Doudna - 2020

    “Por seus trabalhos sobre desenvolvimento de métodos para editar o DNA”

  • Frances H. Arnold - 2018

    “Pela descoberta da técnica conhecida como evolução dirigida de enzimas”

  • Ada E. Yonath - 2009

    “Pelos estudos sobre a estrutura e função dos ribossomos”

  • Dorothy Crowfoot Hodgkin - 1964

    “Pelo desenvolvimento da técnica de cristalografia de raios X”

  • Irène Joliot-Curie - 1935

    “Pela descoberta de novos elementos radioativos”

  • Marie Curie - 1911

    “Pelo descobrimento dos elementos rádio e polônio, o isolamento do rádio e o estudo da natureza dos compostos deste elemento”

Prêmio Nobel de Fisiologia ou Medicina

  • Tu Youyou - 2015

    “Pelo descobrimento de um novo tratamento contra a malária”

  • May-Britt Moser - 2014

    “Pela descoberta dos conjuntos de células nervosas que formam no cérebro humano um sistema de posicionamento espacial”

  • Elizabeth H. Blackburn - 2009

    “Pela descoberta de um mecanismo central do funcionamento genético das células”

  • Carol W. Greider - 2009

    “Pela descoberta de um mecanismo central do funcionamento genético das células”

  • Françoise Barré-Sinoussi - 2008

    “Pela descoberta do vírus da imunodeficiência humana”

  • Linda B. Buck - 2004

    “Pela descoberta sobre os receptores de odor e a organização do sistema olfatório”

  • Christiane Nüsslein-Volhard - 1995

    “Pelas pesquisas sobre controle genético do desenvolvimento embrionário”

  • Gertrude B. Elion - 1988

    “Pelas descobertas de princípios importantes para o tratamento contra drogas”

  • Rita Levi-Montalcini - 1986

    “Pelas descobertas do desenvolvimento de células nervosas”

  • Barbara McClintock - 1983

    “Pela descoberta dos elementos genéticos móveis”

  • Rosalyn Yalow - 1977

    “Pelo desenvolvimento da técnica de radioimunoensaios”

  • Gerty Theresa Cori - 1947

    “Pela descoberta do curso de conversão catalítica do glicogênio”

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.