Em 15 anos, 563 tanzanianos devorados por leões

Pelo menos 563 tanzanianos morreram e outros 308 ficaram feridos nos últimos 15 anos por leões, anunciaram na revista Nature os autores de um estudo. A pesquisa foi realizada para explicar o "aumento dramático" dos ataques de leões contra os humanos desde 1990.Cerca de 40% deles aconteceram na época de colheitas. Um em cada quatro casos ocorreu nos campos.Uma das explicações está na evolução demográfica da Tanzânia, cuja população passou de 23,1 milhões de habitantes em 1998 para 34,6 milhões em 2002, reduzindo a área e a alimentação disponível para os animais.O trabalho foi dirigido por Craig Packer, do Centro de Pesquisa de Leões da Universidade de Minnesota. A Tanzânia possui o maior número de leões de toda a África.

Agencia Estado,

18 de agosto de 2005 | 09h32

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.