Em Bangcoc, Fórum debate uso de biocombustíveis

Países em desenvolvimento são alvo das discussões. Esses países utilizam mais de um terço da energia

Efe

23 de janeiro de 2008 | 04h32

O Fórum Regional do Desenvolvimento da Bioenergia, que começa nesta quarta-feira, 23, em Bangcoc, analisará o uso dos biocombustíveis nos países em desenvolvimento. Esses países representam mais de um terço da energia empregada.   A reunião, que termina na sexta, 25, busca discutir o estado do desenvolvimento da bioenergia na Ásia e Pacífico. Também pretende fazer um balanço de benefícios e riscos à degradação do meio ambiente e à segurança dos alimentos.   O Fórum vai analisar o Clean Development Mechanism (CDM), que permite aos países desenvolvidos resolverem as emissões de gases, que produzem o efeito estufa, investindo em tecnologias de baixas emissões em países em vias de desenvolvimento.   Participarão do encontro, técnicos de 14 países da região além de analistas da ONU e de representantes do setor privado. O fórum é organizado pela Comissão Econômica e Social das Nações Unidas para a Ásia e Pacífico (ESCAP).   A bioenergia ganha terreno dentro do campo das energias renováveis e chegou ao mercado como uma das alternativas mais promissoras na luta contra a mudança climática. No entanto, o impacto pode ser negativo, já que a terra utilizada para a agricultura muitas vezes acaba utilizada para a produção energética.

Tudo o que sabemos sobre:
Bangcocbiocombustíveisefeito estufa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.