Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Emagrecer ajuda a prevenir câncer de mama

Uma nova pesquisa sugere que jovens mulheres com alto risco de desenvolver câncer de mama podem diminuir as chances de contrair a doença ao emagrecer.O risco de câncer no seio é 65% menor nas mulheres que perdem 4,5 kg ou mais entre os 18 e 30 anos de idade, segundo estudo feito com mais de 2 mil mulheres em cinco países, sob a coordenação de Steven Narod, da Universidade de Toronto.As pessoas que mais apresentaram benefícios com a perda de peso foram aquelas que possuem uma mutação do gene BRCA 1, fator que aumenta muito o risco de câncer de mama. O emagrecimento também ajudou a reduzir o risco em mulheres com outro gene alterado, o BRCA 2.Ganho de pesoPor outro lado, o perigo de contrair câncer aumenta consideravelmente nas mulheres que detêm esse problema genético e engordam.O risco fica ainda maior caso elas tenham dois ou mais filhos. Essas mulheres têm 44% a mais de chances de ter um tumor no seio antes dos 40 anos."Os resultados do estudo sugerem que a perda de peso no início da vida adulta protege contra o desenvolvimento prematuro de câncer de seio associado ao gene BRCA", escreveu Steven Narod na publicação online Breast Cancer Research.Ainda não está claro por que a perda de peso ajuda tanto as mulheres a evitar o câncer de mama, mas se acredita que os motivos sejam as influências da gordura sobre os hormônios no corpo.Os pesquisadores, do Canadá, Estados Unidos e Polônia, compararam uma população de 1.073 mulheres que tiveram câncer de mama, com um grupo do mesmo tamanho que nunca teve a doença.Nos questionários, as mulheres eram indagadas sobre o seu peso em várias idades. Foi desta forma que se percebeu a correlação entre o peso e o desenvolvimento do câncer.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.