Empresa dos EUA oferece clonagem de gatos

O sonho de dar uma segunda vida aos companheiros de quatro patas parece ter se tornado realidade nos Estados Unidos, onde a empresa Genetic Savings and Clones, de São Francisco, propõe a clonagem de gatos por US$ 50 mil ?a cópia?.Segundo a empresa, que diz ser pioneira no negócio, neste ano serão clonados nove gatos, seis dos quais para venda e três para ser exibidos em exposições ou salões comerciais.A firma, que já recebeu quatro pedidos, tinha anunciado em fevereiro de 2002 a primeira bem-sucedida clonagem de um gato. O animal, denominado Cc (?cópia carbono?), foi criado pela transferência de DNA proveniente da célula de uma gata adulta introduzido num óvulo implantado, em seguida, em outra gata.A Genetic tentará também reeditar essa experiência cachorros, segundo seu diretor-adjunto, Ben Carlson. ?Recebemos grande número de pedidos?, diz ele, acrescentando que centenas de clientes já pediram que os genes de seus mascotes fossem conservados num banco genético.Os cientistas advertem, porém, que a coisa não é assim tão rápida e fácil. ?A taxa de êxito é baixa?, explica David Magnus, co-diretor do serviço de ética biomédica da Universidade de Stanford. ?Foram necessárias umas 270 tentativas para criar a ovelha Dolly?, o primeiro animal clonado, em 1996.

Agencia Estado,

29 de março de 2004 | 16h17

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.