Encontrado o objeto mais distante da Terra

Em uma descoberta que possibilita um raro vislumbre da época em que o universo tinha "apenas" 750 milhões de anos, uma equipe de astrofísicos anunciou ter detectado uma pequena galáxia situada no mais distante ponto do universo. "Sabemos com certeza que este é o objeto mais distante conhecido", afirmou o astrônomo Richard Ellis, do Instituto de Tecnologia da Califórnia (Caltech), ao falar sobre a galáxia, que se encontra a aproximadamente 13 bilhões de anos-luz da Terra.A equipe descobriu a galáxia relativamente pequena ao empregar dois dos mais potentes telescópios já montados pelo homem: um deles circulando pelo espaço sideral e o outro posicionado no Havaí. Os telescópios receberam ajuda da ampliação natural proporcionada por uma grande concentração de galáxias.A força gravitacional dessa concentração, conhecida como Abell 2218, desvia a luz da galáxia distante e a amplifica muitas vezes. O processo de magnificação, enunciado pela primeira vez por Albert Einstein e conhecido como "lente gravitacional", produz imagens duplicadas da galáxia observada.A descoberta possibilita uma rara visão da época em que as primeiras estrelas e galáxias começaram a brilhar, colocando fim a um período chamado pelos estudiosos de "a era da escuridão", disse Robert Kirshner, astrônomo do Centro Smithsoniano da Universidade de Harvard em Cambridge, Massachusetts.

Agencia Estado,

16 de fevereiro de 2004 | 17h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.