Equipe da USP vence prêmio da Duke University

A Universidade de São Paulo é a primeira instituição estrangeira a ganhar o prêmio norte-americano Critical Assessment of Microarray Data Analysis (Camda). Os pesquisadores da USP foram premiados no mês passado pela Duke University por serem os únicos a fazer a classificação funcional de genes, numa competição com representantes dos outros 11 países.O concurso internacional premia anualmente a capacidade intelectual de uma equipe de cientistas em gerar e analisar dados de biologia molecular, segundo a Agência Fapesp. Esse ano, o material selecionado pela organização foi os dados gênicos do ciclo de vida da malária.Segundo Junior Barreira, um dos coordenadores do grupo, a equipe já estudava os dados antes mesmo de ser escolhida para participar do Camda 2004. Para ele, a vantagem foi graças à adoção de um modelo matemático mais adequado para representar a interação entre os genes.Os seis brasileiros eram os únicos latino-americanos no evento e competiram com norte-americanos e europeus.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.