Erro humano pode ter paralisado acelerador de partículas

Peça que não estava bem colocada pode ter levado ao vazamento de hélio que parou LHC até 2009

Efe,

06 de outubro de 2008 | 19h48

A falha que obrigou a paralisar o funcionamento do acelerador de partículas LCH, o maior e mais poderoso da história, foi devido a uma peça que não estava bem colocada, em um erro muito provavelmente humano, disse nesta segunda-feira, 6, Lyn Evans, responsável pelo projeto.   Veja também: Vazamento e reparo empurram reativação do LHC para 2009 Brasileiro explica o experimento na Suíça  Entenda o LHC Assista ao vivo o que acontece no laboratório  Experiência do LHC depende de rede mundial de computadores Vídeo do Cern explica o LHC em três minutos (em inglês)  Galeria com imagens do LHC       Segundo Evans, essa falha causou um reaquecimento, pela elevada corrente elétrica utilizada no momento, e algumas válvulas que se abriram para deixar escapar a forte pressão permitiram também a fuga de hélio, um elemento sem toxicidade.   Em 10 de setembro, os cientistas do Centro Europeu de Pesquisa Nuclear (Cern) injetaram pela primeira vez e com sucesso no acelerador LHC um feixe de milhões de prótons e conseguiram que desse uma volta completa ao túnel circular subterrâneo de 27 quilômetros, para depois fazer o mesmo com um segundo feixe introduzido em direção oposta.   No entanto, dias depois se detectou uma falha que foi remediada rapidamente, mas no dia 20 ocorreu o incidente que hoje se sabe quase com certeza que se deveu a uma peça mal posta.   Em coletiva de imprensa, Evans lamentou que "todos os pequenos problemas" do acelerador tenham se "amplificado" pela repercussão na imprensa deste experimento.   O cientista reafirmou que o acelerador pode voltar a funcionar novamente em abril, depois de reparado e quando tenha passado o recesso de inverno no funcionamento das instalações (entre dezembro e março), um período utilizado para tarefas de manutenção.   A pausa é necessária também para economizar energia que, segundo o físico, nessa época do ano tem seu custo multiplicado por dez.

Tudo o que sabemos sobre:
lhccernlhc grid

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.