Esquema de segurança marca visita de ministros a centro nuclear

Um forte esquema de segurança cerca a visita dos ministrosJosé Viegas, da Defesa, e Roberto Amaral, de Ciência e Tecnologia, ao Centro Experimental Aramar, da Marinha, em Iperó, na região de Sorocaba. Os ministros chegaram em um ônibus escoltado por policiaismilitares e seguido por veículos de serviços reservados. Recebidos com honras militares pelo comando do Centro, eles assistiram a uma explanação sobre as atividades e visitaram, em seguida, a Usina Álvaro Alberto, que produz urânio enriquecido. Eles ainda visitam as instalações que abrigarão o protótipo do reator que vai equipar o submarino nuclear. A Marinha quer que os ministros convençam a equipe econômica do governo Lula a liberar mais verbas para o projeto dosubmarino, que já consumiu US$ 1 bilhão. A imprensa não teve permissão para acompanhar a visita, que se encerra às 15 horas. É a primeira vez que integrantes do primeiro escalão de um governo tido como de esquerdavisitam o centro nuclear, inaugurado em 1988. O programa, concebido durante o regime militar, foi muito combatido pelo PT.

Agencia Estado,

18 de março de 2003 | 14h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.