Estação Espacial fotografa erupção de vulcão na Terra

Nave sobrevoava ilha russa de Matua, no Pacífico, quando flagrou fenômeno no vulcão Sarychev

BBC Brasil, BBC

25 Junho 2009 | 06h09

A câmera da Estação Espacial Internacional registrou este flagrante de uma erupção do vulcão Sarychev, em Matua, uma remota ilha russa a nordeste do Japão, a uma distância de cerca de 350 quilômetros da Terra.

A força da erupção, no dia 12 de junho, abriu um buraco nas nuvens e proporcionou um espetáculo para os astronautas a bordo. A última erupção do Sarychev havia sido em 1989.

 

 

As imagens despertaram grande interesse entre estudiosos de vulcões pois registram vários fenômenos observados nos primeiros estágios de uma erupção forte. A coluna de fumaça parece ser uma combinação de cinzas de coloração marrom e vapor esbranquiçado.

Em cima da nuvem há uma camada de nuvens brancas, como uma camada de neve sobre um cogumelo. Esta camada de ar condensado é consequência da elevação rápida da coluna sobre o ar frio que sobre ela. A ilha de Matua é desabitada.

 

BBC Brasil - Todos os direitos reservados. É proibido todo tipo de reprodução sem autorização por escrito da BBC.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.