Este grupo tem a solução para o fim da martírio das lagostas

Jogar lagostas vivas em panelas de água fervente para matá-las tornar-se-á uma horror do passado, na Austrália, se ativistas dos direitos animais ganharem esta batalha. A Royal Society for the Prevention of Cruelty to Animals está pedindo que as lagostas sejam postas para dormir num refigerador ou freezer e depois mortas ? poderiam ser partidas ou perfuradas.?Se você puser um crustáceo vivo em água fervente, eles sofrerão e você os estará matando com crueldade?, disse hoje o presidente da RSPCA, Hugh Wirth.Wirth falava na ilha da Tasmânia, um estado ao sul do país, no lançamento de novos procedimentos para abater crustáceos.?Embora haja ainda tradicionalistas, acho que iremos nos livrar das últimas resistências. Estou certo de que, agora, teremos compreensão da metodologia correta.? Jill Mure, cuja família mantém restaurantes na Tasmânia há quase 30 anos, garantiu que há tempos utiliza a prática de resfriar as lagostas no freezer.?Acredito que dormir é um modo legal para matá-las? disse. ?O método de cozinhá-las já é passado.?

Agencia Estado,

18 de fevereiro de 2004 | 13h15

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.