Estudantes desenvolvem projeto em comunidade carente

Chegam neste sábado ao município de Itariri 150 estudantes da 8ª série do Colégio Magno, na zona sul de São Paulo, dispostos a ajudar a população local, que mora ao lado de duas reservas florestais do Estado. Como parte de um projeto de conclusão do ano escolar, os alunos farão propostas para um melhor desenvolvimento da cidade e um melhor aproveitamento dos recursos naturais da região."A maioria da população sofre com as restrições ambientais. E não tem qualquer compensação, porque vive no entorno das reservas", diz o diretor de meio ambiente de Itariri, Pablo Dib, que está animado com a possibilidade de surgirem projetos para a região.Segundo ele, normalmente a sociedade se preocupa apenas com a população que vive dentro das reservas. Em um povoado de Itariri, conhecido como Ana Dias, há 13.580 pessoas morando ao lado da Estação Ecológica da Juréia e do Parque Estadual da Serra do Mar que vivem do cultivo da banana.Os adolescentes vão visitar o local pelo menos quatro vezes neste ano e podem fazer propostas desde como estimular o ecoturismo na região até um melhor planejamento urbano. "Escolhemos esse lugar porque é uma região de contraste humano e ambiental muito grande", diz a diretora-geral do Magno, Myriam Tricate.Em Itariri, que fica perto de Peruíbe, há caiçaras, índios e agricultores vivendo em uma área da mata atlântica. "É um trabalho que passa por todas as disciplinas." O Magno já promove há cinco anos projetos de conclusão da 8ª série. Em 2001, os alunos desenvolveram trabalhos de voluntariado.Para o projeto de Itariri, o colégio conta com o apoio de uma organização não-governamental (ONG) ambiental, a 1420 Foundation, ligada à Universidade de Harvard. A entidade contribui financeiramente com o projeto, o que vai ajudar na criação de um CD-ROM com vídeo, fotos e os trabalhos finais dos alunos. A ONG pretende distribuir o CD-ROM, que será bilingüe, nos Estados Unidos.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.