Estudo afirma que Neanderthal tinha mãos hábeis

O Homem de Neanderthal não era a criatura de mãos grosseiras que costuma aparecer nos esboços e ilustrações, mas um ser que tinha quase a mesma destreza manual que os humanos modernos, de acordo com uma projeção feita por computador dos ossos de suas mãos. Os modelos sugerem que o desaparecimento dos homens desse período não pode ser atribuído unicamente a uma incapacidade física de fabricar ferramentas como seus sucessores, segundo divulgou um grupo de investigadores.Ao contrário, o motivo de seu desaparecimento parece bem mais complexo, afirmou Wesley Niewoehner, antropólogo da Universidade Estadual da Califórnia, em San Bernardino, chefe do estudo. Os resultados dessas comparações estão publicadas da edição da revista Nature que circula amanhã.Os homens de Neanderthal tiveram de competir por alimentos e território com os humanos modernos, que, supõe-se, teriam maior capacidade para encontrar recursos e para cooperar entre si. Também podem ter incidido outros fatores, como as mudanças climáticas.Ainda assim, durante muito tempo se questionou a habilidade do Neanderthal para fabricar ferramentas. "O fato de se considerar os de Neanderthal como seres inferiores, incapazes de agir com precisão manual e, portanto, incapazes de fazer ferramentas, torna mais fácil explicar o que aconteceu com eles", disse Niewoehner.Um dos vários hominídeos que competiram com o homem moderno, o Homem de Neanderthal se desenvolveu da Espanha até o sul da Rússia, passando por todo o oeste da Ásia. Seus fósseis mais antigos datam de mais de 350 mil anos. Acredita-se que a espécie desapareceu entre 10 mil e 15 mil anos após o surgimento do homem moderno, que chegou da África e do Extremo Oriente há 45 mil anos. O modelo de computação da mão, resultado do estudo, foi concebido com base na reconstrução de ossos encontrados em 1909, em La Ferrassie, França.

Agencia Estado,

26 de março de 2003 | 17h20

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.