Estudo diz que atmosfera teve origem no exterior do planeta

Conclusão derruba tese de que gases vulcânicos teriam contribuído para a formação da atmosfera

Efe,

11 Dezembro 2009 | 13h04

Os gases que formaram a atmosfera terrestre, e possivelmente os oceanos, tiveram origem no espaço exterior, e não no interior do planeta, afirma um estudo publicado nesta quinta-feira, 10, pela revista Science.

 

Isso significa que terão que ser reconsideradas as imagens que mostram enormes vulcões espalhando gases, que depois se transformariam na atmosfera, afirmaram os cientistas Greg Holland, Martin Cassidy e Chris Ballentine, da Universidade de Manchester, no Reino Unido.

 

Mediante técnicas analíticas avançadas, os pesquisadores descobriram marcas claras de meteoritos nos gases vulcânicos. A partir dessa análise, sabe-se agora que esses gases não contribuíram de maneira importante para a formação da atmosfera.

 

"Portanto, os elementos que a formaram, assim como os oceanos, devem ter chegado de algum outro lugar, possivelmente do bombardeio de gases e corpos abundantes em água, como os cometas", disse Holland.

 

Segundo Ballentine, "agora o quadro dos vulcões em erupção terá que ser recomposto" na formação da Terra.

Mais conteúdo sobre:
atmosferaorigemTerraScience

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.