<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1659995760901982&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Estudo identifica gene fundamental para câncer de mama

Um novo componente do câncer de mama acaba de ser identificado por cientistas canadenses. Os pesquisadores do Centro de Saúde da Universidade McGill e da Universidade McMaster verificaram no gene beta 1-integrina um papel crítico no início do crescimento tumoral.?Nosso estudo mostrou que bloquear a função desse gene impede a proliferação do tumor?, disse o líder da pesquisa, William Muller, da Universidade McGill. ?Também verificamos que, no modelo de câncer de mama que utilizamos, células tumorais não crescem sem a presença do beta 1-integrina.?Os testes foram feitos em camundongos e os resultados publicados na edição de agosto do periódico Cancer Cell.?Esses resultados demonstram a importância do gene na biologia tumoral. O próximo passo é descobrir terapêuticas que possam bloquear a ação desse gene em humanos?, disse o pesquisador, em comunicado da universidade canadense.?Estamos em um momento importante na pesquisa do câncer de mama. Quanto mais atores e fatores descobrirmos, mais perto estaremos da cura da doença?, disse Don White, da Universidade McMaster.

Agencia Estado,

30 de agosto de 2004 | 10h21

Selecione uma opção abaixo para continuar lendo a notícia:
Já é assinante Estadão? Entrar
ou
Não é assinante?
Escolha o melhor plano para você:
Sem compromisso, cancele quando quiser
Digital Básica
R$
0, 99
/ mês
No primeiro mês
R$ 9,90/mês a partir do segundo mês
  • Portal Estadão.
  • Aplicativo sem propaganda.
Digital Completa
R$
1, 90
/ mês
No primeiro mês
R$ 19,90/mês a partir do segundo mês
Benefícios Digital Básica +
  • Acervo Estadão 146 anos de história.
  • Réplica digital do jornal impresso.
Impresso + Digital
R$
22, 90
/ mês
No primeiro ano
R$ 56,90/mês a partir do segundo ano
Benefícios Digital Completa +
  • Jornal impresso aos finais de semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.