EUA declaram o esturjão beluga espécie ameaçada

O governo americano declarou, hoje, o esturjão beluga espécie ameaçada de extinção, dentro da legislação do Endangered Species Act, que pode levar à redução ou proibição das importações do apreciadíssimo e caro caviar beluga pelos Estados Unidos. A resolução, que é resultado de uma petição de grupos ambientalistas, coloca os requisitos para conservação das espécies do país em linha com a Convenção Internacional de Comércio de Espécies Ameaçadas, diz Steve Williams, o diretor do Fish and Wildlife, órgão americano de proteção ao meio ambiente.Os Estados Unidos importam 80% do caviar beluga produzido no mundo. Especialistas calculam que o comércio legal das ovas negras do esturjão esteja por volta de US$ 100 milhões por ano, enquanto o ilegal, produzido na Rússia, Azerbaijão, Cazaquistão e Turquemenistão, deve atingir 10 vezes mais. Segundo Williams, houve ?uma notável diminuição da população do esturjão beluga?, devida ao excesso de pesca não regulamentada, perda dos lugares de desova e pesca proibida para suprir o mercado negro do caviar beluga.Dentro de seis meses, o governo decidirá se reduz ou proibe totalmente as importações do produto, conforme diz Ken Stansell, assistente de diretoria do Fish and Wildlife para assuntos internacionais. Poder-se-á "permitir que as importações continuem sob regras, não importa quais possam ser, ou proibir integralmente as importações. Se nenhuma norma for proposta em seis meses, o resultado poderá ser a total restrição a futuras importações.?Existem, nos EUA, alguns relatos de tentativas de criação do esturjão branco em cativeiro, segundo Stansell, e a inclusão entre as espécies ameaçadas ?poderia atingir espécies tanto caçadas na natureza quanto as criadas em cativeiro?. A inclusão foi a resposta a uma ação legal dos grupos ambientalistas ? especificamente, o Natural Resources Defense Council, a Wildlife Conservation Society e a SeaWeb ? pedindo a da Fish and Wildlife restrições ao comércioNo mercado mundial legal, um quilo de caviar beluga premium custa em média US$ 3.200, diz Roddy Gabel, da Fish and Wildlife. Segundo ele, o esturjão foi classificado como ?ameaçado?, uma categoria abaixo de ?em vias de extinção? porque estima-se que ainda existe de 2 a 3 milhões do toneladas do peixe, principalmente nos Mares Cáspio e Negro, que contornam a Rússia.?Nós decidimos que classificá-lo de em vias de extinção não era acurado?, diz. ?Ele só estará em vias de extinção se não fizermos algo rápido.?

Agencia Estado,

20 de abril de 2004 | 18h44

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.