EUA elevam emissão de gases do efeito estufa em 17%

Houve maior demanda de combustível para aquecimento e para a geração de eletricidade, diz governo

Reuters,

15 de abril de 2009 | 16h19

As emissões de gases causadores do efeito estufa pelos Estados Unidos subiram 1,4% em 2007 na comparação com 2006 e, no acumulado de 1990 a 2007, registraram expansão de 17%. Os dados são da Agência de Proteção Ambiental (EPA) do governo americano.

 

especial Veja o histórico mundial das emissões de CO2

documento Leia o relatório da EPA

 

Pelo Protocolo de Kyoto, que o governo americano optou por não ratificar, os países industrializados deveriam reduzir suas emissões coletivas em 5%, sobre a base de 1990.

 

O aumento registrado em 2006 foi causado, principalmente, pela elevação das emissões de dióxido de carbono ligadas ao uso de combustível e ao consumo de energia, diz nota a agência.

 

Houve maior demanda de combustível para aquecimento e para a geração de eletricidade, por conta do inverno mais rigoroso e do verão mais quente na comparação com 2006.

 

Houve um aumento na demanda de combustíveis fósseis para a geração de eletricidade, associado a uma queda significativa - 14,2% - no uso do potencial hidrelétrico para esse fim.

 

O total de emissões pelos EUA dos seis principais gases causadores do efeito estufa em 2007 foi equivalente a 7,15 bilhões de toneladas de dióxido de carbono.

Tudo o que sabemos sobre:
co2efeito estufakyoto

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.