Europa obriga instalação de filtros em carros

A Comissão Européia (CE) aprovou nesta quarta-feira uma proposta de legislação sobre um conjunto de medidas conhecidas como "Euro 5", destinadas a conseguir uma "redução drástica" de até 80% das emissões de partículas e gases poluentes dos carros na União Européia (UE).O vice-presidente da CE e comissário de Indústria e Empresas, Günter Verheugen, explicou em entrevista coletiva que os novos limites imporão aos veículos a diesel uma diminuição de 80% das emissões, com o que passarão de 25 para 5 miligramas por quilômetro.Isto obrigará à instalação de filtros de partículas em todos os carros movidos a diesel porque, segundo Verheugen, "tecnicamente já não será factível" conseguir esses números sem incorporar este novo elemento.Os novos motores a diesel diminuirão em 20% suas emissões de óxido de nitrogênio, de 250 para 200 miligramas por quilômetro, enquanto que os de gasolina reduzirão suas emissões de 80 para 60 miligramas por quilômetro (25%).A redução de emissões de hidrocarbonetos nos novos motores a gasolina cairá de 100 para 75 miligramas por quilômetro, 25%, segundo Verheugen. Ele afirmou que, com os novos limites, "a indústria européia do automóvel contribuirá em 10% à redução de emissões dentro da estratégia de qualidade de vida na UE".Para o futuro, o comissário de Indústria disse estar "convencido de que os automóveis europeus - setor no qual a UE é pioneira - só poderão abrir caminho no mercado se atenderem aos mais altos requisitos ambientais, de qualidade e design".A nova legislação permitirá ainda que as oficinas de reparação disponham de sistemas para supervisionar a qualidade das emissões dos veículos. O objetivo da proposta aprovada pela CE é que os novos motores emitam menos gases de efeito estufa.A proposta está alinhada com os objetivos do Protocolo de Kyoto para alcançar um nível de emissões de 120 miligramas por quilômetro, objetivo fixado pela UE.  mudanças climáticas

Agencia Estado,

21 de dezembro de 2005 | 16h06

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.