Europa proíbe teste de cosméticos em animais a partir de 2009

O Parlamento europeu aprovou nesta quarta-feira a proibição da maior parte dos testes em animais de produtos cosméticos produzidos na Europa a partir de 2009. Os 626 membros da Assembléia da União Européia (UE) aprovaram por aclamação oesboço final do projeto de lei, encerrando anos de disputa sobre quão rígidas seriam as regras sobre testes de produtos cosméticos.As novas regras entrarão em vigor apenas nos próximos anos - um compromisso assumido com as companhias do setor, que alegam precisar de tempo para encontrar formas alternativas de testes.

Agencia Estado,

15 de janeiro de 2003 | 16h14

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.