Europa quer enviar missão tripulada a Marte

Cientistas europeus já têm um plano para rivalizar com o dos americanos: pretendem mandar missões tripuladas a Marte em menos de 30 anos. Esse plano inclui "degraus" de aproximação, com missões robóticas e uma viagem tripulada à Lua. "Precisamos ir à Lua antes de ir a Marte. É necessário andar antes de correr", disse hoje Franco Ongaro, chefe do programa de exploração do Sistema Solar da Agência Espacial Européia (ESA).A ESA planejou duas missões a Marte - a ExoMars, que colocaria um robô na superfície marciana em 2009, e a Mars Sample Return, que como o nome (?Retorno de Amostra de Marte?) diz, traria de volta à Terra um pedaço de solo marciano entre 2011 e 2014. Uma missão tripulada à Lua, proposta para 2024, serviria para demonstrar o funcionamento das tecnologias de suporte de vida e habitação. O programa deverá custar ? 900 milhões ao longo dos próximos cinco anos.

Agencia Estado,

03 de fevereiro de 2004 | 19h26

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.