Ex-padre é condenado nos EUA por abuso sexual de menor

Donald McGuire foi excluído do sacerdócio pelo Vaticano no início do ano e responde a dois outros processos

AP,

24 de outubro de 2008 | 16h01

Um padre que foi excluído do sacerdócio pelo Vaticano no início do ano foi condenado nesta sexta-feira, 24, por levar um menino a um retiro espiritual para fazer sexo com ele. O júri deliberou por cerca de três horas antes de condenar Donald McGuire. A acusação é de crime federal, tirar um menor do Estado para fazer sexo.   O julgamento, presidido pela juíza  Rebecca R. Pallmeyer, durou duas semanas e meia.   McGuire já foi muito reverenciado como um importante líder de retiros espirituais. Em 2006, foi condenado a sete anos de prisão no Estado de Wisconsin, por abuso de menor. Ele apelou. McGuire também está indiciado no Estado de Arizona.

Tudo o que sabemos sobre:
abuso sexualpadre

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.