Expedição de 114 dias pelo Nilo vai virar filme

"Sobrevivemos a ataques de hipopótamos e crocodilos, fomos alvejados por bandidos etíopes e presos ao cruzar o Lago Nasser no Egito", conta Pasquale Scaturro numa entrevista dada a partir de Alexandria, uma cidade costeira a 220 quilômetros ao norte da capital, Cairo. Ele está comemorando, o fim de uma expedição de 5.247 ao longo do Rio Nilo, de suas nascentes, na Etiópia, ao delta, na costa mediterrânea.Segundo Scaturro, sua expedição foi a primeira a viajar por toda a extensão do Nilo Azul, percorrendo Etiópia, Sudão e Egito, onde o rio se lança ao mar. E a aventura não será um mero registro na cabeça de seus protagonistas.Toda a viagem foi filmada e será transformada em um filme Imax, feito com a produtora MacGillvray Freeman Films, deLaguna Beach, California. O filme está previsto para ser lançado em fevereiro de 2005.Scaturro, 50 anos, do Colorado, e Gordon Brown, 42, diretor cinematográfico especializado em aventuras, da Califórnia, lideraram a expedição que levou 114 dias para atingir o Mar Mediterrâneo na cidade costeira de Rosetta. Scaturro, um geofísico que já escalou várias vezes o topo do Monte Evereste, disse a AP que a navegação pelo rio começou dia 25 de dezembro do ano passado, na fonte do Nilo Azul, nas colinas de Sakala, no planalto do oeste da Etiópia.A excursão terminaria dois dias antes, segundo ele, se as autoridades egípcias não o tivessem detido, a menos de 2 quilômetros de distância do Mediterrâneo, até que ele obtivesse novo certificado da segurança."Achei que ficaria feliz quando terminasse, mas estou aliviado de que ninguém da expedição tenha morrido ou sofrido ferimentos mais graves diante da quantidade de obstáculos que tivemos de enfrentar", diz.Essa expedição escolheu o Nilo Azul como trajeto. O Nilo Azul, na verdade, junta-se na capital do Sudão, Cartum, ao Nilo Branco, que nasce no Lago Vitória, em Uganda. E já há, desde janeito, uma outra equipe, de sete pessoas, liderada pelo sul-africano Hendri Coetzee, fazendo expedição de seis meses a partir do Lago Vitória, num percurso de 6.690 quilômetros até o Mediterrâneo.

Agencia Estado,

29 de abril de 2004 | 16h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.