AP
AP

Falha técnica interrompe lançamento de 1º foguete sul-coreano

Ação era vista como possível ato que irritaria norte-coreanos, punidos por lançarem suposto míssil neste ano

Reuters e Efe,

19 Agosto 2009 | 08h10

A Coreia do Sul abortou o lançamento de seu primeiro foguete espacial cerca de oito minutos antes da decolagem prevista nesta quarta-feira, 19, devido a uma falha técnica. As autoridades acreditam que um problema em um dos tanques tenha levado o sistema automático a abortar o lançamento e disseram que todo o combustível foi retirado do foguete, indicando que vários dias serão necessários para preparar o novo lançamento.

 

O lançamento era visto como um possível ato que irritaria a vizinha Coreia do Norte, que foi punida pela ONU com sanções após ter lançado um foguete de longo alcance em abril. Segundo o Ocidente, esse seria na verdade um teste disfarçado de um míssil. O governo de Pyongyang, que atacou a ONU pela punição, disse este mês que estava prestando bastante atenção no foguete sul-coreano.

 

A contagem regressiva foi interrompida pelo sistema automático de lançamento e os engenheiros vão avaliar os dados para descobrir a causa da falha, disse a agência espacial do governo. "Houve perda de pressão no tanque de alta pressão que opera as válvulas do veículo de lançamento", disse a jornalistas Lee Sang-mok, autoridade do Ministério da Ciência que supervisiona o projeto.

 

A Coreia do Sul, que depende de outros países para lançar seus satélites, planejava colocar em órbita um satélite nacional junto ao lançamento do foguete Naro-1, que foi construído com o custo de 400 milhões de dólares. Não é a primeira vez que o lançamento do primeiro foguete espacial sul-coreano atrasa, porém foi a primeira ocasião em que Seul decidiu protelar a tarefa já com o foguete na plataforma e com a contagem regressiva iniciada.

Mais conteúdo sobre:
Coreia do Sul Coreia do Norte

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.