Filho de tailandês morto está com gripe aviária

Os exames feitos com uma criançatailandesa de sete anos de idade, cujo pai morreu em decorrência dovírus H5N1 da gripe aviária no início da semana, deram positivo paraa mesma doença, informaram hoje fontes sanitárias da Tailândia.O Hospital Siriraj anunciou que o menor, apesar de padecer da infecção que já matou 61 pessoas e infectou centenas no sudeste Asiático, se recupera satisfatoriamente.Pai e filho foram internados com sintomas de pneumonia - febre eproblemas respiratórios - que são similares aos da gripe aviária,embora os primeiros testes de laboratório tenham dado negativo paraa última doença.Outros, mais exaustivos, confirmaram na quarta-feira a presença do H5N1 no pai, de 48 anos.Esta família residia na província de Kanchanaburi, a cerca de 100quilômetros de Bangcoc, onde foi detectado um foco neste mês.Aparentemente, ambos contraíram a infecção pelo contato diretocom frangos contagiados, possivelmente os que um vizinho criava.A Organização Mundial da Saúde (OMS) ainda não encontrou um casocomprovado de transmissão direta entre pessoas, o que quer dizer queo organismo ainda não sofreu uma mutação perigosa.A OMS teme que o vírus adquira a habilidade de transmissão entrehumanos ao se combinar, por exemplo, com um vírus da gripe comum.   leia mais sobre gripe aviária

Agencia Estado,

21 de outubro de 2005 | 12h28

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.