Foguete sul-coreano com satélite explode após o lançamento

O foguete Naro, de dois estágios, operou normalmente até uma altitude de 70 km

Associated Press

10 Junho 2010 | 14h04

Sul-coreanos acompanham lançamento de foguete nacional em loja de eletrodomésticos. Ahn Young-joon/AP

 

Um foguete sul-coreano, transportando um satélite de observação do clima, aparentemente explodiu 137 segundos após o lançamento nesta quinta-feira, 10, no segundo grande revés do programa espacial do país em menos de um ano.

 

O foguete Naro, de dois estágios, operou normalmente durante e após o lançamento, disse o ministro da Educação, Ciência Tecnologia, Ahn Byong-man. Mas as comunicações com o veículo se perderam a uma altitude de 70 km.

 

"Acreditamos que o foguete Naro provavelmente explodiu", disse ele a jornalistas. "Sentimos muito por frustrar as expectativas da população".

 

Imagem gerada por uma câmera a bordo do foguete iluminou-se como um flash de luz, possível evidência da explosão, disse Ahn.

 

Ele acrescentou que especialistas russos e sul-coreanos tentam determinar a causa do ocorrido. O primeiro estágio do foguete foi projetado e construído na Rússia.

 

Ahn disse que os preparativos para um novo lançamento serão feitos assim que a origem do problema for determinada.

 

O porta-voz Pyun Kyung-bum disse que destroços do foguete aparentemente caíram no mar, 470 km ao sul da Ilha Oenaro, que abriga o centro espacial sul-coreano.

 

O lançamento, no centro espacial de Goheung, 465 km ao sul de Seul, foi o segundo tentado pela Coreia do Sul a partir de seu próprio território. Na primeira, em agosto passado, o satélite não conseguiu entrar em órbita, mas o foguete operou normalmente, e a Coreia do Sul declarou a tentativa um "sucesso parcial".

 

Desde 1992, o país lançou 11 satélites, mas sempre de bases estrangeiras e com foguetes estrangeiros.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.