<img height="1" width="1" style="display:none" src="https://www.facebook.com/tr?id=1659995760901982&amp;ev=PageView&amp;noscript=1">

Fóssil revela o mais antigo sinal de um incêndio florestal

Geólogos da universidade de Cardiff conseguiram evidêndias do primeiro incêndio florestal de que se tem notícia, ocorrido há milhões de anos. Cientistas encontraram um raro fóssil de planta em uma rocha, em Welsh.O fóssil, com células tridimensionais preservadas, indica que o nível de oxigênio há mais de 420 milhões de anos era suficiente para causar um incêndio florestal, segundo informa a agência London Press.Apesar de sempre associado a árvores, o incêndio pode ter ocorrido quando a vegetação tinha apenas poucos centímetros de altura. O co-autor do estudo, Dianne Edwards, disse que a causa provável foi uma faísca, sugerindo que a vegetação estava seca o suficiente para pegar fogo. O clima na época era tropical.

Agencia Estado,

11 de agosto de 2004 | 15h35

Selecione uma opção abaixo para continuar lendo a notícia:
Já é assinante Estadão? Entrar
ou
Não é assinante?
Escolha o melhor plano para você:
Sem compromisso, cancele quando quiser
Digital Básica
R$
0, 99
/ mês
No primeiro mês
R$ 9,90/mês a partir do segundo mês
  • Portal Estadão.
  • Aplicativo sem propaganda.
Digital Completa
R$
1, 90
/ mês
No primeiro mês
R$ 19,90/mês a partir do segundo mês
Benefícios Digital Básica +
  • Acervo Estadão 146 anos de história.
  • Réplica digital do jornal impresso.
Impresso + Digital
R$
22, 90
/ mês
No primeiro ano
R$ 56,90/mês a partir do segundo ano
Benefícios Digital Completa +
  • Jornal impresso aos finais de semana.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.