Fotos tiradas do ar mostram rotas de dinossauros nos EUA

Pegadas fossilizadas há 180 milhões de anos podem ser encontradas perto das dunas de areia de Utah

AP

29 de julho de 2008 | 15h45

Você pode chamá-los de paleo-paparazzi. Cientistas tentando entender melhor os dinossauros estão tirando fotos aéreas de traços deixados para trás há milhões de anos, perto das dunas de areia de Utah.  Foto: AP Pesquisadores em um helicóptero especialmente equipado cruzaram uma área chamada Moccasin Mountain, batendo fotos de pegadas fossilizadas na rocha.  Alan Titus, paleontologista do Bureau of Land Management, disse que é a primeira vez que um helicóptero é usado para obter imagens detalhadas do local. As marcas foram deixadas por pelo menos seis espécies de dinossauros - alguns com três e outros com cinco dedos nos pés - que cruzaram a área há 180 milhões de anos. A câmera, que consegue captar pegadas de poucos centímetros, vai permitir que cientistas observem as pegadas de uma área de três acres. As fotos vão ser usadas para criar mapas das pegadas e imagens tridimensionais, de maneira que os pesquisadores possam melhor compreender o comportamento dos dinossauros. Eles também irão usar displays interpretativos para os visitantes.  As marcas fossilizadas são conhecidas localmente há anos, e são um lugar popular para turistas. O local, que tem seu tráfego monitorado constantemente, era provavelmente um oásis onde dinossauros do início da Era Jurássica encontravam água e proteção para as temperaturas desérticas, disse Titus.

Tudo o que sabemos sobre:
dinossaurosciência

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.