França fechará turmas de alunos com 3 casos de gripe A

Ministro da Educação disse que volta às aulas, prevista para 2 de setembro, não deve ser alterada

Efe,

16 Agosto 2009 | 05h47

As classes de alunos que registrarem pelo menos três casos com sintomas de gripe A em uma mesma semana serão fechadas na França, anunciou o ministro da Educação, Luc Chatel, em entrevista publicada neste domingo, 16, no "Journal de Dimanche", na qual adiantou algumas medidas para lutar contra a doença.

 

Chatel acrescentou que avaliará "caso por caso" e corresponderá ao administrador local decidir se só se fecha a classe afetada, várias ou inclusive todo o estabelecimento.

 

A reabertura acontecerá quando se completarem três condições: que tenham passado seis dias consecutivos de fechamento do estabelecimento, que os alunos e o pessoal tenham superado o período

de maior contágio, e que os locais tenham sido "completamente limpos", acrescentou o ministro da Educação.

 

A decisão de fechar uma turma ou um colégio poderá ser tomada "de um dia para outro" porque neste tipo de situações "a rapidez é um elemento-chave", declarou.

 

Chatel assinalou que a volta às aulas se desenvolverá "normalmente", a partir do dia 2 de setembro.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.