Francesa aprova seu novo rosto transplantado

A francesa que recebeu o primeiro transplante parcial de rosto disse ter ficado perplexa ao ver a nova face no espelho e que não se arrepende da operação, informou neste sábado um jornal britânico. "Quando olhei minha nova face, soube imediatamente que era eu", teria dito a paciente de 38 anos ao Daily Mail. "Foi impressionante ver um nariz e uma boca de novo no meu rosto".O jornal não informou como conseguiu os comentários da mulher. O artigo é originário de Valenciennes, norte da França, onde a mulher vive, apesar de ela estar convalescendo 660 km ao sul, num hospital em Lyon, onde recebeu no mês passado o nariz, boca e queixo de uma doadora com morte cerebral. A francesa foi desfigurada por seu cachorro labrador no começo do ano, em circunstâncias ainda não totalmente esclarecidas.Segundo o jornal, a mulher ainda não sente a face, já que os nervos ainda estão se ajustando. Médicos esperam que a sensibilidade retorne em seis meses a um ano.Ela já teria andado pelo hospital, mas estaria "com muito medo de deixar" o local e ser reconhecida como a mulher com o rosto transplantado. "Só quero ter uma vida normal, sem que fiquem me olhando o tempo todo", afirmou. "Ainda é cedo demais para pensar sobre o futuro. Mas não lamento nada - se me perguntassem de novo, faria de novo".

Agencia Estado,

10 de dezembro de 2005 | 18h27

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.