Freire critica posição do governo sobre transgênicos

Em nota distribuída por sua assessoria de comunicação, o deputado Roberto Freire (PPS-PE) classificou de contraditória a posição do atual governo de manter a proibição do uso comercial da soja transgênica no País. Segundo ele, resguardados osaspectos de segurança, cuidado adotado por protocolos específicos por várias naçõesque vêem na ciência e na tecnologia instrumentos fundamentais para o desenvolvimentoeconômico e para se aumentar a produção de alimentos, caberia ao governo o papel de principaldefensor do uso dessa variedade de sementes em larga escala na agricultura brasileira.O deputado disse que, pelo tamanho do País e pela diversidade do mercado dessa commodity, a economia brasileira comporta a existência de dois modelos de produção ? o tradicional e o geneticamente modificado. ?Manter, como política de governo, a proibição da comercialização da soja transgênica e, por conseqüência, criar obstáculos à pesquisa e ao comércio de outros organismos geneticamente modificados na agricultura, significa, em última instância, condicionar o Brasil ao atraso e a ficar para trás na concorrência intensa do mercado internacional, játotalmente globalizado?, acrescentou.

Agencia Estado,

07 de março de 2003 | 18h18

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.