Gás suprirá 10% da matriz energética até 2005, diz Petrobras

O diretor-gerente de Segurança, Meio Ambiente e Saúde da Petrobras, Rui Fonseca, disse há pouco que a previsão da empresa é de que até 2005, 10% da matriz energética do País seja suprida pelo gás natural o que, segundo ele, terá impacto positivo na preservação ambiental. Fonseca participa do seminário "Energia e Desenvolvimento Sustentável" que está sendo realizado na Câmara dos Deputados.Ele informou que a Petrobras vem trabalhando para viabilizar fontes alternativas de energia, como a biomassa, os biocombustíveis, a energia solar e a energia eólica. De acordo com Fonseca, a empresa vem desenvolvendo projetos para a utilização do bagaço de cana. Ele explicou que como existe o período de entressafra, nos meses em que não houver bagaço de cana suficiente, as usinas que usam esse material como fonte de geração de energia utilizariam o gás natural. O deputado Márcio Fortes (PSDB-RJ) que falaria no seminário sobre o custo da crise de energia, não pôde comparecer ao evento.

Agencia Estado,

13 de novembro de 2002 | 12h11

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.